Pecados nos Relacionamentos

Atualizado: 22 de nov. de 2021

Você tem negligenciado uma participação significativa na vida de sua igreja – cultos regulares, comunhão com os irmãos e serviço cristão?



De acordo com Hebreus 10:25, é pecado negligenciar a comunhão e os cultos regulares com o corpo de Cristo. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia.


"Em nossos dias de individualismo egoísta, muita gente quer participar de uma Igreja grande e ficar perdido na multidão".

Deus enfatiza a importância de ficarmos fortemente ligados ao corpo local de crentes. De acordo com 1 Coríntios 12:12-14, todos os crentes devem estar em comunhão genuína e num relacionamento próximo com uma congregação local. Deus não pretende que ninguém seja um ermitão ou um solitário!


Em nossos dias de individualismo egoísta, muita gente quer participar de uma igreja grande para ficar perdido na multidão. Eles vêm, recebem bênçãos, mas voltam para casa sem comunhão real ou proximidade com outros crentes (e é exatamente o que eles querem!). Este modelo não é de maneira alguma bíblico, mas sim inerentemente egocêntrico.


Outros ainda procuram uma igreja que os abençoe sem se perguntar como eles podem retribuir ou servir. Muitas pessoas egoisticamente buscam uma igreja da mesma forma como escolhem uma academia de ginástica. Eles querem a que lhes dê os maiores benefícios com menor custo.


Igrejas localizadas em áreas em crescimento, normalmente têm gente “saindo pelo ladrão”, enquanto as igrejas situadas em áreas difíceis, onde o ministério é tão necessário, frequentemente estão desesperadas com a falta de cristãos que queiram trabalhar. Hoje, parece que a maioria quer se sentar e ser servido, mas poucos querem se levantar e servir. Ao procurarmos uma igreja, nossa oração não deve ser, “O que esta igreja pode fazer por mim?” mas ao contrário, “O que eu posso fazer por esta igreja?” É pecado não estar envolvido e constantemente servindo e adorando a Deus através de uma igreja local.


Obviamente, este princípio não se aplica aos que estão impossibilitados (doentes e idosos). Também constituem uma exceção, os que realizam ministérios itinerantes. (Porém, eles devem, sem dúvida alguma, ser membros de alguma igreja!) Um outro tipo comum de

pecado é ficar “pulando” de igreja em igreja. Isto faz com que algumas pessoas se tornem visitantes permanentes e nunca desenvolvam uma comunhão bíblica profunda com outros crentes.


Eles também evitam a responsabilidade pessoal e espiritual de servir para o bem da igreja de Cristo. Como resultado disto, eles não crescem espiritualmente, nem estão em verdadeira comunhão com Deus.


Satanás frequentemente engana este tipo de gente fazendo-os crer que de alguma maneira eles estão cumprindo suas responsabilidades para com o corpo de Cristo. Peça a Deus que sonde sua vida e revele maneiras como você tem negligenciado a comunhão consistente e o serviço substancial na igreja de Cristo local.


Trecho do Livro Retorno à Santidade

Dr. Gregory Frizzell

Disponível em nossa Loja

https://loja.aamp.org.br

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo