Quem Somos

Os Recursos da AAMP


Todo ministério precisa de sustentadores, que às vezes são silenciosos. O próprio Senhor Jesus tinha algumas mulheres que não deixavam faltar os recursos necessários ao seu trabalho. Todo pastor de igreja local ou plantador de igrejas sabe da importância do apoio de amigos e da família. Há pessoas e organizações dispostas a ajudar quem está com a mão no arado, plantando ou pastoreando igrejas. Após uma palestra sobre missões, um senhor abordou o pastor Juracy Bahia e disse: “eu gostaria que o irmão me ajudasse a escolher dez igrejas, pois Deus colocou em meu coração doar dez caminhões de tijolos para a construção de dez templos”. Uma organização tem como missão distribuir porções da Bíblia, outra usa o rádio para evangelização, outra é especialista em evangelização pela correspondência, etc. Algumas destas organizações e pessoas não estão preocupadas com cor denominacional e não querem que grande percentual de seus recursos sejam gastos em marketing ou em despesas administrativas. Tudo o que desejam é que obreiros bem orientados utilizem de modo eficaz as ferramentas que disponibilizam para a expansão do Reino. A AAMP deseja prestar um serviço a estas pessoas e organizações buscando conciliar necessidades dos líderes pastorais com a disposição de ajudar de muitos cristãos e organizações cristãs.

Se você deseja ofertar, deposite ou faça uma transferência para:
Banco: Bradesco
Favorecido: AAMP
Agência: 3403-7
Conta Corrente: 7734-8
CNPJ: 06.334.624/0001-21

O Fundador da AAMP


Desde sua conversão a Jesus Cristo, o pastor Juracy Carlos Bahia admira a figura do obreiro que Deus usa para liderar uma igreja local. O desejo de servir a pastores consolidou-se ao lidar com homens muito especiais, verdadeiros santos de Deus. Em sua opinião, "o ministério pastoral, mesmo de uma pequenina igreja, justifica a vida do mais ambicioso visionário". Ele diz ter percebido "gigantes conduzindo um pequeno rebanho". Em 1983, o pastor Bahia foi trabalhar na Junta de Missões Nacionais da CBB com os departamentos de Apoio Missionário e de Evangelismo. No primeiro, sua tarefa era exercer o cuidado pastoral dos missionários, sugerir leituras, promover orações, ser um representante deles no universo da denominação. No Departamento de Evangelismo, trabalhava com crescimento de igrejas, elaboração de literatura e treinamento de leigos e de pastores. As Clínicas de Crescimento de Igrejas – CCI - eram a menina dos olhos daquele Departamento. Em um só ano, 700 pastores foram capacitados.
Em 1992, aceitou exercer a liderança da Igreja Batista do Bom Retiro, em MG, onde experimentou as alegrias e os desafios do ministério pastoral de tempo integral. Em 1997, foi convidado para ser o secretário geral da Convenção Batista Goiana, logo após participar de três semanas de treinamento no Instituto Haggai, em Maui. No Instituto Haggai ele viu o seu sonho acontecendo em outra realidade. "Em nenhum momento deixei de pensar, planejar e comentar que, um dia, dedicaria minha vida integralmente ao ministério de servir a pastores fundamentado nas seguintes premissas:

1. A estratégia para a expansão do Reino é a igreja local com um pastor saudável;
2. Milhares de igrejas locais precisam ser plantadas, o que exige milhares de novos pastores capacitados;
3. A América Latina, especialmente o Brasil, se destacará como grande enviadora de missionários, e as agências de prestação de serviços se tornarão cada vez mais relevantes;
4. Há uma grande oportunidade para se prestar serviços a pastores, especialmente pela mobilização de intercessão por eles, pesquisa, capacitação, atualização ministerial e intercâmbio de experiências;
5. Há pessoas e organizações dispostas a investir financeiramente em um eficaz ministério de serviço a pastores;
6. Um ministério de serviço a pastores só será bem sucedido se:
* for independente de denominações específicas, estar descomprometido com a “venda” de “produtos” e conseguir pensar do ponto de vista das necessidades do pastor;
* conseguir o apoio dos pastores e seus serviços forem financeiramente acessível a eles;
* envolver facilitadores ou capacitadores de pastores;
* estabelecer parcerias com instituições cristãs para evitar duplicação de esforços

Para fortalecer a direção de Deus neste sentimento de chamada, o pastor Juracy Bahia foi convidado para ser o secretário executivo e depois presidente da Topic Brasil ( www.topicbrasil.org ), uma organização que serve a capacitadores de pastores e desde 2002. Depois, o pastor Bahia foi eleito o Diretor Geral da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, onde trabalhou durante dez anos (" www.opbb.org.br ). Estes ministérios somados ao cargo de Diretor Executivo da AAMP, fez possível realizar o sonho de investir no serviço a pastores. Hoje, Juracy Bahia é pastor da Segunda Igreja Batista em Petrópolis, sempre com foco em abençoar pastores.
Para ler a ata de fundação da AAMP e o seu estatuto clique aqui

Fale Conosco

Caixa Postal: 90201
CEP: 25620-971
Petrópolis/RJ
Telefone: (24)2249-1923
Cel: (24)98802-1363
E-mai: livros@aamp.org.br